Reciclagem
Separar para Reciclar

RECICLAR traz-nos muitos benefícios e isso já é sabido. Agora, importa é passar à acção, pois o primeiro passo para que a reciclagem aconteça parte de cada um de nós, ao separarmos os resíduos.

Como utilizar o ecoponto

A deposição selectiva é a primeira etapa para a reciclagem, assim a deposição dos diferentes resíduos deve ser bem feita nos diferentes contentores do ecoponto. Isto porque, a colocação de resíduos indevidos num determinado contentor do ecoponto pode, contaminar de tal forma  os materiais já depositados, que inviabilize a reciclagem de todo o conteúdo. Assim, torna-se importante saber o que pode ser colocado e a evitar em cada um dos contentores constituintes do ecoponto. Em caso de dúvidas o melhor é não colocar.

Cuidados a ter:

  • Espalmar as embalagens e acondicionar o papel em resmas, o que lhe permitirá rentabilizar o espaço de armazenamento em casa e no ecoponto, facilitando também o seu transporte;

  • Nunca colocar papel ou cartão contaminados com produtos tóxicos e perigosos e produtos orgânicos como gorduras, pois tais resíduos podem inviabilizar a conformidade do material para reciclagem.

Sabia que, com o fabrico de uma tonelada de papel reciclado, em comparação com a produção da mesma quantidade de papel novo, é possível:

  • poupar a vida a 15 a 20 árvores;

  • uma redução de 98% ou superior no consumo de água;

  • uma redução de 50% ou superior no consumo de energia;

  • uma redução que varia entre os 25% e 75% na redução de emissões, consoante se trate do meio aquático ou atmosférico.

Cuidados a ter:

  • Escorrer e enxaguar as embalagens para evitar a proliferação de maus cheiros durante o armazenamento em casa, assim como a contaminação do material depositado selectivamente.

  • Ter sempre o cuidado de retirar as tampas e rolhas das embalagens, pois sendo estas feitas de outros materiais dificultam o processo de reciclagem, tal como a qualidade dos produtos finais obtidos.

Sabia que, com a reciclagem de uma tonelada de vidro, relativamente à produção de vidro novo:

  • permite poupar 1,2 toneladas de matérias-primas;

  • economiza de 2% a 2,7% de energia por cada 10% de casco a mais que é introduzido no processo produtivo;

  • reduz em aproximadamente 20% a poluição atmosférica gerada.

Cuidados a ter:

  • Espalmar as embalagens para facilitar o seu armazenamento e transporte.

  • Escorrer e enxaguar as embalagens para evitar o mau cheiro, assim como a contaminação do material depositado.

Sabia que:

  • Todos os plásticos são derivados do petróleo, um recurso natural não renovável e altamente poluente.

  • A reciclagem do plástico economiza até 90% de energia e gera mão-de-obra pela implantação de pequenas e médias indústrias.

  • 100 Toneladas de plástico reciclado evitam a extracção de 1 tonelada de petróleo

  • Com a reciclagem do plástico está a reduzir o volume de lixo depositados em aterros aumentando sua vida útil.